60-Minute Master: NL 6-Max Parte 3, Isolando Limpers

Essa lição introduz alguns conceitos básicos sobre como jogar contra limpers. Na maior parte das vezes, entrar de limp simplesmente não é lucrativo. Jogadores recreativos estão na mesa pra ver flops. Então, o limp é a estratégia básica deles. Como eles raramente terão mãos fortes, aumentar em posição contra eles pode ser bastante lucrativo no longo prazo. Isso é chamado de isolation raise, já que estamos fazendo o raise para isolar o limper na esperança de jogar um pote heads up contra o range fraco dele, em posição.

CONHEÇA O LIMPER

Antes de decidir isolar o limper, devemos saber algumas coisas sobre contra quem estamos jogando. Nem todo mundo faz o limp com o mesmo range de mãos. Jogadores loose passivos farão o limp com cartas naipadas e minimamente conectadas. Jogadores mais tight farão o limp somente com pares baixos e suited connectors. O que não muda entre os dois, entretanto, é que em geral, seus ranges são compostos por mãos fracas e vulneráveis. Muito raramente os jogadores fazem limp com mãos premium e dão call para um raise. Ao invés disso, preferem o limp/re-raise. O que me leva ao próximo ponto.

Também precisamos saber que objetivo almejamos ao isolar o limper. Temos que ter uma ideia geral sobre como os jogadores reagem ao enfrentar um raise após terem feito o limp. Por exemplo, alguns jogadores farão o limp/call sempre, enquanto outros farão limp/fold muitas vezes. Se um jogador faz muitos limp/folds, podemos abusar da jogada com um range grande para lucrar imediatamente. Contra aqueles que fazem limp/call, temos que procurar obter vantagem sobre ele em termos de range de mãos ou habilidade para nos aproveitarmos de seu jogo fraco no pós-flop. Novamente, estamos fazendo o raise em um range fraco de mãos, então se eles continuam, podemos ganhar com uma c-bet de meio pote, mesmo que não tenhamos acertado o flop. E contra aqueles que raramente fazer o fold para c-bets, uma mão com ás ou até mesmo um terceiro par pode ser uma mão de valor.

QUEM ESTÁ À NOSSA ESQUERDA?

Além de conhecer o estilo de jogo do limper, precisamos tomar consciência dos jogadores à nossa frente. Se estamos isolando do cut-off, precisamos perguntar a nós mesmos com que frequência o botão fará o call forçando-nos a jogar um pote aumentado, multiway e fora de posição . E quanto à possibilidade de enfrentarmos a 3-bet? Se houver bons jogadores ainda a jogar, eles irão eventualmente descobrir a sua estratégia e tentar aplicar alguns moves em você. Nosso objetivo é jogar o pote heads up contra o limper. Se suspeitarmos que alguém à frente pode atrapalhar isso, temos que diminuir nosso range.

Não há uma estratégia única que atenda a tudo o que pode acontecer nessa situação. Até mesmo pequenos detalhes como o tamanho do seu raise é importante. Se fizermos um tamanho pequeno, veremos o flop em muitas das vezes e nos arriscaremos a jogar o pote multiway. De modo contrário, com aumentos maiores teremos mais folds. como já mencionamos, saber o que queremos com a mão antes de jogar é muito importante.

AJUSTES NO RANGE

Nosso range para isolar limpers será sempre flexível, como você já deve ter percebido pelos conceitos mencionados anteriormente. Se você quiser um range padrão para quando não houver muitas informações, eu sugiro retirar aparte mais fraca do seu range de open raise. Por exemplo, se você está no cutoff contra um limp de um desconhecido em posição inicial, isole-o com o seu range padrão de posição intermediária ao invés de seu range no cutoff. Nesse caso, não utilizaríamos mãos como 86s, A8o, 65s, J8s, etc. Novamente, essa é somente uma regra geral que pode e deve ser ajustada quando tivermos mais informações sobre os jogadores.

Outra coisa a considerar é a quantidade de limpers, porque com dois ou mais limpers no pote, será difícil isolar um jogador em especial e acabaremos em um pote multiway. Enfrentar múltiplos limpers não é a situação ideal quando temos um range fraco de mãos. Precisamos pensar à frente nessa situação. Obviamente, quando tivermos uma mão premium em posição, nossa decisão será mais fácil. Podemos fazer o limp behind em situações em que o isolation raise não será muito lucrativo.

RAISE OU LIMP BEHIND?

Sim, entrar de limp é ruim. Mas fazer o limp behind (fazer o limp após outros já terem feito) pode às vezes ser uma opção melhor. Se temos uma mão como 33 ou 65s no botão com dois limpers antes de nós, podemos criar uma situação melhor para nós ao ver um flop barato em posição. É claro que há situações em que podemos fazer o raise, mas fazer isso sem muita informação sobre as tendências de nossos adversários pode ser problemático se não tivermos cuidado.

Fazer o limp behind no small blind é um pouco diferente porque essa é a pior posição da mesa. Sendo assim, precisamos de odds muito boas para completar no small blind de forma lucrativa. Tenho visto muitos jogadores completarem o small blind com mãos bem marginais. O seu K8o será muito ruim se você não souber onde está no pós-flop, a menos que acerte um monstro, então simplesmente faça o fold. Em relação a isolar os limpers nos blinds, precisamos de uma mão muito mais forte, já que estaremos fora de posição caso eles continuem. Por enquanto, mantenha seu range tight ao fazer o raise nos blinds.

Before we decide to isolate a limper, there are a few things we should be aware of. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on reddit
Reddit
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply